Nutrição e Câncer


A segunda principal causa de câncer no mundo é oriunda da alimentação e nutrição inadequada. É possível e recomendado haja um olhar mais preventivo. Esses fatores são responsáveis por até 20% dos casos de câncer nos países em desenvolvimento, como o Brasil, e por aproximadamente 35% das mortes pela doença.

Uma ingestão rica em alimentos de origem vegetal como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas, e pobre em alimentos ultraprocessados, – como aqueles prontos para consumo ou prontos para aquecer, – e bebidas açucaradas, podem prevenir de 3 a 4 milhões de casos novos de câncer a cada ano no mundo.

O ideal seria que a população adotasse uma alimentação saudável e uma atividade física regular, mantendo o peso corporal adequado, já diminuiria um em cada três casos dos tipos de câncer mais comuns. O incrível é que fazendo uma amostragem mais matemática, poderíamos dizer que: para cada 100 pessoas com câncer, 33 casos poderiam ser prevenidos!

A prevenção do câncer engloba ações realizadas para reduzir os riscos de ter a doença. O objetivo da prevenção primária é impedir que o câncer se desenvolva. Isso inclui evitar a exposição aos fatores de risco de câncer e a adoção de um modo de vida saudável.

PREVENÇÃO

Não fume!

Essa é a regra mais importante para prevenir o câncer, principalmente pela prevenção ao câncer de pulmão e entre outras doenças como: cavidade oral, laringe, faringe e esôfago. Ao fumar, são liberadas no ambiente mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas que são inaladas por fumantes e não fumantes.

Parar de fumar e de poluir o ambiente é fundamental para a prevenção do câncer!

Uma alimentação saudável é a base para a prevenção do câncer!

Uma alimentação balanceada, rica em alimentos de origem vegetal como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas é fundamental como estilo de vida e também na eficácia da prevenção ao câncer. Quando ingerimos os alimentos ultraprocessados, – como aqueles prontos para consumo ou prontos para aquecer – e bebidas adoçadas, estamos mais fragilizados na prevenção.

É importante ressaltar que a alimentação deve ser saborosa, respeitar a cultura local, proporcionar prazer e saúde e incluir alimentos regionais.

Pode ser clichê no mundo nutricional, mas a verdade é que temos que descascar mais e desembalar menos.

Pratique atividades físicas

As desculpas não podem ser prioridades na sua vida. O famoso deixar para depois, não pode prevalecer na sua rotina diária de atividade físicas. Tudo ficará bem mais simples se olharmos as oportunidades com outros olhos e é bem simples se exercitar. Pois bem, vamos lá: troque o elevador pelas escadas, caminhe mais, saia para dançar, leve mais vezes o cachorro para passear. A corrida de rua é moda, e em contrapartida é um estilo de vida incrível.  

Experimente, ache aquela modalidade que você goste, aproveite e busque fazer dessas atividades um momento coletivo, prazeroso e divertido. Seja com a família ou os amigos, a atividade física é um momento introspectivo no qual você se conecta consigo. É possível encaixar a atividade física na rotina de cada um, seja através do deslocamento ativo indo ao trabalho ou outras atividades caminhando ou de bicicleta, são diferentes possibilidades é só você querer encontrar!

Evite a ingestão de bebidas alcoólicas

O consumo de bebidas alcoólicas, em qualquer quantidade, contribui para o risco de desenvolver câncer. Além disso, combinar bebidas alcoólicas com o tabaco aumenta a possibilidade do surgimento da doença.

Evite comer carne processada

Carnes processadas como presunto, salsicha, linguiça, bacon, salame, mortadela, peito de peru e blanquet de peru podem aumentar a chance de desenvolver câncer. Os conservantes (como os nitritos e nitratos) podem provocar o surgimento de câncer de intestino (cólon e reto) e o sal provocar o de estômago.



Categorias: Dicas Saudáveis

Tags:




Deixe um comentário